• Você está em »

9 de novembro de 2012

A Evolução e o Trabalho

Na tarefa junto aos nossos pequeninos, como pais e mães, temos o dever de fornecer-lhes o exemplo seguro para o caminho do bem e da paz. Nesse alvitre, o amor ao trabalho precisará ser cultivado desde cedo, sendo apresentado de diferentes formas, mas principalmente pela alegria que esses poderão observar nos pais quando atuam nos labores seja na esfera profissional ou na atividade doutrinária.

De alguma forma,  o mundo atual valoriza o trabalho pelos resultados produzidos em termos financeiros e de prestígio social, o que poderá ser compreendido pelas crianças e jovens de maneira divergente dos postulados doutrinários espíritas, que nos apontam o trabalho como uma das leis divinas, sem discriminação ou valor maior ou menor, podemos ilustrar isso na ideia expressa por André Luiz na obra Nosso Lar, quando apresenta o conceito do bônus hora.

Ensinemos as crianças a colaborar em pequenas tarefas no lar e nos demais ambientes em que frequentar; estimulemos o jovem a engajar-se em atividades dignificantes, investindo parte do seu tempo em favor de uma causa, ou de uma atividade, seja esta remunerada ou não.

Como pais, no entanto, devemos sempre manifestar a nossa gratidão quanto a oportunidade de trabalho, sem discriminar qualquer tarefa, ensinando assim aos nossos filhos que o prazer de servir deverá estar aliado à realização da tarefa.

Ilustrando esse tema, Emmanuel, na obra Ideal Espírita, apresenta uma belíssima página intitulada Lei do Trabalho, pela psicografia de Francisco Cândido Xavier, de onde retiramos a afirmativa:

E, sabendo que cada criatura deve ser útil, conforme as faculdades de que disponha, observa o que fazes com o tesouro das horas, porquanto o tempo chamado “hoje”, é recurso em teu favor,[….]

One Response to “A Evolução e o Trabalho”

  1. goyard bags disse:

    A Evolução e o Trabalho | Sou Família goyard bags http://is.gd/goyardbags

Deixe uma resposta

Pesquisar

Navegar

Redes sociais

Vídeos

Galeria de Fotos