• Você está em »

12 de novembro de 2012

Perante Jesus

Em todos os instantes, reconhecer-se na presença invisível de Jesus,
que nos ampara nas obras do Bem Eterno.
Aceitou-nos o Cristo de Deus desde os primórdios da Terra.

*

Nos menores cometimentos, identificar a Vontade Superior,
promovendo em toda parte a segurança e a felicidade das criaturas.
Cada coração humano é uma peça de luz potencial e Jesus é o Sublime Artífice.

*

Lembrar-se de que o Senhor trabalha por nós sem descanso.
Repouso indébito, deserção do dever.

*

Sem exclusão de hora ou local, precaver-se contra o reproche
e a irreverência para com a Divina Orientação.
O acatamento é prece silenciosa.

*

Negar-se a interpretar o Eterno Amigo por vulgar revolucionário terreno.
Reconheçamo-lo como a Luz do Mundo.

*

Renunciar às comemorações natalinas que traduzam excessos de qualquer ordem, preferindo a alegria da ajuda fraterna aos irmãos menos felizes, como louvor ideal ao Sublime Natalício.
Os verdadeiros amigos do Cristo reverenciam-no em Espírito.

*

Identificar a posição que lhe cabe em relação a Jesus,
o Emissário de Deus, evitando confrontos inaceitáveis.
O homem que exige seja o Cristo igual a ele, pretende, vaidosamente, nivelar-se com o Cristo.

*

Em todas as circunstâncias, eleger, no Senhor Jesus, o Mestre invariável de cada dia.
Somos o rebanho, Jesus é o Divino Pastor.

“E tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como ao Senhor, e não aos homens”
– Paulo. (Colossenses, cap. 3, v. 23)

Mensagem de André Luiz, no Livro Conduta Espírita, capítulo 47, psicografia de Francisco Cândido Xavier, Ed. Federação Espírita Brasileira

One Response to “Perante Jesus”

  1. android 2.3 tablets Major Reasons Why You Ought to disse:

    Thank you a bunch for sharing this with all people you actually know what you

Deixe uma resposta

Pesquisar

Navegar

Redes sociais

Vídeos

Galeria de Fotos