• Você está em »

30 de julho de 2012

Evangelho no Lar

Finalidade e Importância [1]

  1. Estudar o Evangelho de Jesus possibilita compreender os ensinamentos cristãos, cuja prática nos conduz ao aprimoramento moral.
  2. Criar em todos os lares o hábito de se reunir em família, para despertar e acentuar nos familiares o sentimento de fraternidade.
  3. Pelo momento de paz que o Evangelho proporciona ao Lar, pela união das criaturas, propiciando a cada um uma vivência tranquila e equilibrada.
  4. Higienizar o Lar por pensamentos e sentimentos elevados e favorecer a influência dos Mensageiros do Bem.
  5. Facilitar no Lar e fora dele o amparo necessário diante das dificuldades materiais e espirituais, mantendo operantes os princípios da vigilância e da oração.
  6. Elevar o padrão vibratório dos componentes do Lar e contribuir com o Plano Espiritual na obtenção de um mundo melhor.
  7. Tornar o Evangelho conhecido, compreendido, sentido e exemplificado em todos os ambientes.


[1] Campanha: Evangelho no Lar e no Coração. Federação Espírita Brasileira

17 Responses to “Evangelho no Lar”

  1. Márlio André Aguiar Brito disse:

    Eu realizo semanalmente o meu Evangelho no Lar, infalivelmente, e os benefícios que essa prática traz pra o nosso lar, pra nossa família são imensuráveis. Só o fato de por alguns instantes nos manter em contato direto com os bons espíritos, já é uma benção. Mas, graças a Deus e ao Mestre Jesus, os benefícios vão muito além. Cito, pra ilustrar, a harmonia familiar, a tolerância mútua, o respeito, a compreensão de que cada um tem seu grau evolutivo e compreender isso. Enfim, é realmente uma benção, quando o objetivo verdadeiro é nobre e baseado no Evangelho de Jesus. Recomendo a todos, independente da religião.

    • tereza disse:

      Mário,

      Que ótimo o seu comentário, pois bem sabemos que o Evangelho no Lar traz vibrações salutares para todos, realizando uma higienização do ambiente espiritual, bem como produzindo harmonia entre as pessoas.
      A sua sugestão de que todas as famílias realizem o Evangelho, independente da religião é bastante pertinente, pois o compartilhamento de reflexões sobre a Doutrina de Jesus não é exclusividade do Espiritismo.
      Desejamos a você muita paz.
      Equipe do Sou Família

  2. Luiz Cláudio da Silva disse:

    O Centro Espírita para instimular e concientizar as Famílias poderá analizar a possibilidade de implantar algumas iniciativas,
    Plantão tira dúvidas.
    Mural com perguntas.
    Aulas demonstrativas.
    Palestras mensais.

    • tereza disse:

      Luiz Cláudio,

      Muita Paz!
      Suas sugestões são importantes, havendo a orientação para o Movimento Espírita que todas as Casas Espíritas possam realizar este trabalho junto às famílias.
      Há inclusive um opúsculo elaborado: Evangelho no Lar e nos corações disponibilizado para todas as pessoas.
      iremos publicá-lo em nosso site.

      Muita paz!
      Equipe Sou Família

  3. Luiz Cláudio da Silva disse:

    Crianças não só podem como devem participar da reunião do Evangelho no Lar e no Coração, é um dever dos pais, uma criança educada é um adulto equilibrado.
    As Casas Espíritas devem estar preparadas para orientar os pais nessa tarefa.

  4. Raimundo Afonso Farias Mota disse:

    No dia 19 de agosto de 2012, na Associação Espírita REVIVER, na cidade de Ananindeua – Pará, formamos o nosso primeiro grupo de trabalhadores de divulgação do evangelho nos lares.
    o grupo está bem entusiasmado.

    • tereza disse:

      Prezado Irmão Raimundo,

      É com muita alegria que registramos a criação desse grupo de trabalhadores para implantação do Evangelho nos lares, pois se constitui em ação indispensável para o fortalecimento das pessoas e harmonização dos núcleos de espíritos que se reencontram nas famílias.
      Ficaremos vibrando para o êxito do trabalho, aguardando novas notícias.

      Saudações fraternas,

      Equipe Sou Família

    • Tereza disse:

      Raimundo,

      Parabéns pela iniciativa, os resultados serão ótimos.

      Saudações
      Equipe Evangelho e Família

  5. Sinthia Lacerda disse:

    Queridos, bom dia!

    Não se faz necessário, eu voltar a falar dos benefícios do Evangelho pois todos, de algum modo já disseram. Fica aqui a sugestão de um roteiro pra ser publicado, ou o opúsculo que a equipe mencionou, pois o que percebo, é que ainda há em nossas casas espíritas pessoas desinformadas sobre esta prática. Embora deva ser muito simples a rotina Evangelho no lar, e deva prevalecer o estudo do Evangelho de Jesus, lguns ainda insistem em ler, muitas vezes, apenas um texto edificante e intitular de evangelho no lar. A divulgação de uma diretriz, sobre esta prática, pode contribuir para evitar esse equívoco.
    Abraços fraternos,
    Sinthia

  6. jacqueline disse:

    Muito bom mesmo fazer o evangelho no lar desde que comecei esta pratica de estar mais perto do nosso Mestre Jesus e sobre os bons espiritos que nos assiste e aquele nossos irmãos que ainda estão em sofrimento do lado de lá que ainda não encontraram a paz venha também nos assistir o meu lar melhorou muito é muito gratificante pois meus filhos já estão entendendo melhor sobre a lei de causa e efeito e os ensinamentos de Jesus principalmente entre a caridade para com o proximo que bom que existe essa doutrina tão esclarecedora .Obrigado Jacqueline

  7. Ricardo disse:

    Realmente é simplesmente divino a realização do evangelho no lar, tantos sentimentos, praticas, costumes e realizações boas acontecem. Sentimos a presença constante dos bons espíritos e sua tranquilizadora e purificante ajuda. estou muito feliz com a realização do evangelho no lar é simplesmente divino e gratificante. Obrigado Senhor por esta Benção.

  8. KATIUSCIA disse:

    Já faz alguns anos que nossa casa espirita já desenvolve o trabalho do evangelho no lar mas tenho um duvida…como deve ser a avaliação das necessidades do lar a ser visitado por nós? Devemos atender todos os lares sem distinção…por exemplo: pessoas que vem ao centro somente por tratamento e triagem, aqueles que não são frequentadores assíduos,devemos atender? Qual os critérios que devemos adotar?

    Um abraço fraternal!
    E muita luz a todos.

    Katiúscia

    • Tereza disse:

      Katiúscia,

      Boa noite!
      A sua questão é muito importante, porque normalmente temos muito a fazer e poucos trabalhadores. Acreditamos que as casas a serem visitadas devem ser escolhidas em uma discussão com a equipe, considerando que alguns pontos deverão ser observados:
      a) iremos implantar o evangelho no lar? caso positivo, em muitas situações precisaremos estar presentes em mais de um encontro, visando apoiar para que a nova rotina se consolide;
      b) participaremos de um processo já existente? Nesse caso, acreditamos que uma participação única seja possível, assim oportunizando visitarmos mais casas;
      c) quantos colaboradores temos para realizar o trabalho? Essa questão é vital, porque recomenda-se que pelo menos duas pessoas estejam presentes para realização do Evangelho, garantindo apoio ao colaborador.
      d) quanto ao critério assiduidade, por vezes ele se aplica, no entanto, precisamos entender que a pessoa não frequente poderá estar enfrentando problemas, que serão minimizados com a realização dessa atividade.
      Assim, minha irmã, precisamos compreender que cada situação exigirá discernimento e muito amor, sendo imperioso que a equipe venha buscar sempre o apoio dos amigos espirituais, por meio da prece e do estudo sistemático, que nos fortalecem para o trabalho a ser feito.
      Fraternal abraço.

  9. Harlem Dias disse:

    Saudações fraternas,
    Eu e minha esposa temos realizado o Evangelho no Lar, nos dias de sábado no horário marcado e os efeitos em nossa relação melhorou muito, pois agora conseguimos aprender melhor os ensinamentos de nosso Grande Mestre Jesus. Em relação ao nosso convívio, agradecemos a Deus, Jesus e os benfeitores Espirituais que estão abençoado a nossa relação. Agora, compreendemos um ao outro melhor.
    Na casa de meus pais comecei a realizar e agora já é uma prática entre meus irmãos e minha mãe, que observam o tanto de benefícios espirituais concedidos pelo Evangelho no Lar.
    Que Nosso Mestre Jesus nos ilumine!
    Obrigado

  10. Iolanda disse:

    A prática do Evangelho no Lar é luz que esclarece, acaricia, acalma e conduz ao bem.
    Muita paz!

  11. Carolina disse:

    Bom dia!

    Será que vocês podem me indicar alguns livros para fazer o Evangelho no Lar com crianças? Alguns que tenham uma linguagem para elas e que sirvam para esse momento do Evangelho no Lar. Alguma dica?

    Grata.
    Muita Paz.

Deixe uma resposta

Pesquisar

Navegar

Redes sociais

Vídeos

Galeria de Fotos